quarta-feira, 24 de junho de 2009

quatro

Detesto o silêncio contudo venero-o.
Adoro o frio mas gosto de sentir o meu corpo a latejar.
Sou pacífico mas tenho vontade de esmurrar muita gente.
Sou sincero mas minto várias vezes.
Sou sociável mas tímido quanto o sol no inverno.
Tenho a mania que sou maníaco.
Gosto de acri-doce mas sou gajo de salgadinhos.
Abuso do álcool sem ter feridas.
Sou um viciado sem vícios pesados.
Detesto um país que venero.
Estou quase, quase a saber quem sou.

5 comentários:

Sayuri disse...

Muito bem exposto, sim senhor!

Gi disse...

És humano!

FAMELgaZUNDAPP disse...

Obrigado pelas vossas gentis palavras e visitas.

mf disse...

E somos dois...

volteface.book disse...

:)